Você tem Azia? Conheça 6 Mitos e Verdades sobre a Sensação de Queimação! | Naturalmente Saudável

Você tem Azia? Conheça 6 Mitos e Verdades sobre a Sensação de Queimação!
A azia, também denominada pirose, caracteriza-se pela sensação de queimação e dor vinda da parte de trás do esterno, osso localizado na parte anterior do tórax. A dor pode se irradiar pelo peito, pescoço ou garganta. De acordo com um levantamento encomendado por ENO e Sonrisal ao instituto de pesquisa IPSOS Brasil, a azia é o sintoma de origem gastrointestinal que mais afeta os brasileiros. Neste artigo, conheça seis mitos e verdades sobre azia e má digestão.
Causas e fatores de risco para a azia
Normalmente, a azia ocorre quando o esfíncter esofágico não se contrai totalmente e permite que o suco gástrico retorne (refluxo) pelo esôfago. O material parcialmente digerido pode irritar o esôfago, provocando sintomas como a azia. Outros fatores como alimentação inadequada, estresse, tabagismo e consumo de álcool também pode desencadear a azia. Dentre os alimentos que favorecem os sintomas estão a pimenta, chocolate, café, frituras, ketchup, mostarda, cebola, suco de laranja, refrigerante, molho de tomate e vinagre.
Indivíduos que têm hérnia de hiato possuem maior probabilidade de apresentar o sintoma. Outros fatores de risco incluem a gravidez e o uso excessivo de medicamentos, que podem provocar ou intensificar a queimação.
Mitos e verdades sobre azia
Segundo o estudo realizado pelo IPSOS Brasil, 24,4% dos entrevistados citaram a azia como o sintoma gastrointestinal mais frequente nos últimos três meses. Conheça a seguir seis mitos e verdades sobre azia listados pela médica Ana Santoro:
1- Leite combate azia e queimação no estômago.
MITO. O leite contém boas quantidades do ácido secretado pelo organismo humano, no entanto, após o esvaziamento do estômago, o ácido gástrico ainda produzido não é reduzido. Consequentemente, o pH do estômago diminui, favorecendo o aparecimento dos sintomas da azia.
2- Jejum provoca azia.
VERDADE. A redução das refeições e a perda das reservas hepáticas de glicogênio resultam na liberação de serotonina e epinefrina, podendo causar alterações vasculares e sintomas da azia, além de dor de cabeça.
3- Exercícios combatem a má digestão.
MITO. Apesar de não existir comprovação científica, sabe-se que exercícios de longa duração podem provocar sintomas no trato intestinal, incluindo azia. De acordo com Santoro, o ideal é privilegiar uma dieta rica em fibras e soluções hipertônicas de carboidrato antes das atividades físicas. As gorduras e proteínas devem ser ingeridas com moderação.
4- Fumar agrava o quadro de azia.
VERDADE. Fumar compromete a capacidade do estômago de neutralizar ácidos após uma refeição. Isso permite que o ácido ataque o revestimento estomacal de maneira mais agressiva.
5- O sintoma da azia desaparece sozinho.
MITO. Cerca de 30% dos brasileiros preferem esperar os sintomas desaparecem sozinhos, mas isso não é o ideal, podendo causar dor torácica não cardíaca, tosse noturna crônica e dor de garganta. Recomenda-se o uso de medicamentos antiácidos de ação rápida.
6- Corrigir a postura pode evitar azia antes de dormir.
VERDADE. Se a pessoa estiver com refluxo, deve evitar comidas pesadas à noite e elevar a cabeceira da cama cerca de 15 cm.

INSCREVA-SE AQUI: https://goo.gl/oo5ek4
LINK DO VÍDEO: https://youtu.be/pFgqlb1DQo4

VOCÊ QUER EMAGRECER DE FORMA SAUDÁVEL SEM SOFRIMENTO? VEJA A DICA DO DR RODOLFO AURÉLIO ESPECIALISTA NO ASSUNTO: http://naturalmentesaudavel.net/dieta21diasytb

Siga as Redes do Naturalmente Saudável
BLOG: http://naturalmentesaudavel.net/
FACEBOOK: https://www.facebook.com/naturalmentesaudavel0/
INSTAGRAM: https://www.instagram.com/naturalmentesaudavel0/
GOOGLE +: https://plus.google.com/u/0/100206980750877907888
PINTEREST: https://br.pinterest.com/naturalmentesaudavel0/

Naturalmente Saudável é um canal que fala sobre receitas de remédios naturais, receitas de remédios caseiros e informações sobre saúde e bem estar. Todas as Receitas e dicas dadas aqui não descarta o acompanhamento de um profissional da área de saúde.

Remédios naturais também tem efeitos colaterais, já que agem de formas diferentes em cada organismo, por isso antes de usar qualquer tratamento alternativo consulte sempre seu médico.

Leave a Reply