Alzheimer, depressão e outros problemas mentais. – 4 plantas que protege o seu Cérebro desses males!

Alzheimer, depressão e outros problemas mentais. – 4 plantas que protege seu cérebro!
O estilo de vida que levamos hoje faz com que mais e mais pessoas sofram de distúrbios do sono, níveis elevados de ansiedade e susceptibilidade à depressão.
Nosso cérebro não descansa o suficiente para produzir essa tensão constante em nossos corpos e mentes. Portanto, tem aumentado drasticamente o número de pessoas que sofrem de doença de Alzheimer e doenças mentais.
A prevenção e tratamento a longo prazo desses problemas de saúde é, sem dúvida, uma mudança de estilo de vida. Tire mais tempo para desfrutar da natureza e relaxar o corpo e o cérebro.
Hoje vamos te passar 4 dicas de plantas que você pode incluir na sua dieta, que com certeza vão ajudar e muito prevenir e aliviar esses males:
1 – Alecrim:
O alecrim foi usado há séculos por causa de seus poderosos efeitos para melhorar a memória. Ele efetivamente reduz o estresse, evita danos causados ​​por radicais livres, alivia a inflamação e é rico em ferro, cálcio e vitamina B. Você pode adicionar aos seus pratos, beber chá ou pode usá-lo como óleo.
2 – Ginkgo Biloba:
Foi utilizado devido às suas propriedades medicinais por centenas de anos. É rico em antioxidantes, conhecidos como terpenoides, que impedem danos aos órgãos e ajudam a saúde cardíaca. Trata a fraca circulação sanguínea e aumenta a memória e, conseqüentemente, é também conhecido como “a erva do cérebro.
O extrato de Gingko possui uma substância que trata os distúrbios de ansiedade. Esta erva também preserva a saúde dos olhos e é de grande ajuda no caso da degeneração muscular.
3 – Ginseng:
O ginseng possui poderosas propriedades cerebrais para aumentar o antiinflamatório e melhorar o humor. A espécie ginseng asiática, ou Panax ginseng, é o mais alto dos componentes medicinais.
O uso diário de suplementos de ginseng por 3 meses no caso da doença de Alzheimer, proporciona uma ótima melhoria nas funções cognitivas.
4 – Menta:
A menta fornece numerosos efeitos na saúde, incluindo uma melhora na respiração, problemas de estômago, calmantes e aumento da saúde geral. As folhas de hortelã podem ser mastigadas ou consumidas como um chá ou engolidas.
Também reduz os níveis de ansiedade, acalma a mente e reduz a fadiga. Inalar o perfume da hortelã aumenta os níveis de oxigênio no sangue e pressão sanguínea, e refresca e desperta o corpo e a mente.
No entanto, tenha em mente que você sempre deve consultar um médico antes de continuar com o uso de suplementos de ervas, pois eles podem interagir em grande medida com alguns tipos de medicamentos.

Alzheimer
Depressão
Ansiedade
Tratamento para alzheimer
Tratamento para depressão
Tratamento para ansiedade
Curas naturais
Naturalmente Saudável
Remédios caseiros
Receitas de remédios caseiros
Dicas de saúde
Problemas mentais

LINK DO VÍDEO: https://youtu.be/V_oZOXXZKtk

Ebook que indicamos: SEGREDOS DA SAÚDE NATURAL
Clique no link e saiba mais: https://goo.gl/WFv49o

Siga as Redes do Naturalmente Saudável
BLOG: http://naturalmentesaudavel.net/
FACEBOOK: https://www.facebook.com/naturalmentesaudavel0/
INSTAGRAM: https://www.instagram.com/naturalmentesaudavel0/
GOOGLE +: https://plus.google.com/u/0/100206980750877907888
PINTEREST: https://br.pinterest.com/naturalmentesaudavel0/

Naturalmente Saudável é um canal que fala sobre receitas de remédios naturais, receitas de remédios caseiros e informações sobre saúde e bem estar.
Todas as Receitas e dicas dadas aqui não descarta o acompanhamento de um profissional da área de saúde. O Naturalmente Saudável é um espaço informativo, de divulgação e educação com Assuntos relacionados a saúde, nutrição e bem-estar. As informações e sugestões contidas nos vídeos têm caráter meramente informativo, não devendo ser utilizado como diagnóstico médico sem antes consultar um profissional de saúde – médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.
Remédios naturais também tem efeitos colaterais, já que agem de formas diferentes em cada organismo, por isso antes de usar qualquer tratamento alternativo consulte sempre seu médico.

Leave a Reply